IRMÃOS CAMPANA SÃO TEMA DE EXPOSIÇÃO NO MUSEU OSCAR NIEMEYER

A exposição inédita idealizada pelo MON traz peças icônicas da trajetória de mais de 30 anos da dupla de designers

Os irmãos Fernando e Humberto Campana criaram em 1983 o Estúdio Campana e ficaram famosos pelo design de mobiliário com peças intrigantes. Também se destacaram no design de interiores, na arquitetura, paisagismo, cenografia e moda. Seus trabalhos trazem a ideia de transformação, de reinvenção e integram o artesanato com a produção em massa. Suas peças já foram expostas em museus como o MoMa, em Nova York e o Centre Georges Pompidou, em Paris.

Campana 1

Hoje (27), às 19h, o Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba (PR), inaugura a mostra “Irmãos Campana” e apresenta a trajetória de mais de 30 anos da dupla. A produção é do próprio museu e acontece em um espaço de 1500 metros quadrados. A cenografia foi criada especialmente para a exposição e a ambientação é dos próprios designers Fernando e Humberto Campana que apresentam cerca de 130 obras suas. “Concebemos toda uma cenografia para dialogar com a arquitetura do Niemeyer. Ele foi uma das pessoas que exerceu grande influência no nosso trabalho”, diz Humberto Campana.

A mostra contará com obras icônicas como as poltronas Vermelha (1998), Favela (2003) e Corallo (2003), produzidas pela empresa italiana Edra; além de peças do início da carreira, como as cadeiras da coleção Desconfortáveis (1989); até trabalhos mais recentes, como a inédita linha de móveis Assimétrica (2017), produzida pela Tok&Stok. Peças representadas por galerias internacionais, incluindo Friedman Benda Gallery e Firma Casa também farão parte da mostra, assim como outras obras licenciadas por empresas internacionais e nacionais, tais como A Lot of Brasil, Alessi, Edra, Grendene, Lacoste, Lasvit, Louis Vuitton, Skitsch, entre outras.

Campana 2

“É uma grande alegria receber a mostra dos Irmãos Campana, que vem cada vez mais fortalecer essa característica do Museu Oscar Niemeyer de trabalhar com design, arte e arquitetura. É uma exposição imperdível”, comenta o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani. Juliana Vosnika, diretora-presidente do MON ressalta que idealizar e executar esta exposição demonstra a capacidade de ousar e realizar do museu que comemora em 2017 15 anos de atividades.

“O foco é mostrar como os Irmãos trabalham, tendo como linha curatorial a diversidade de materiais utilizados em suas obras. Eles realizam uma intensa pesquisa neste aspecto, que foi disposta de forma cronológica na mostra, de modo que o visitante poderá ter uma ideia do histórico das matérias-primas utilizadas. A decisão por esta linha curatorial foi natural dentro do trabalho deles, pois com os Irmãos Campana o design nasce a partir do material e não a partir de um desenho”, analisa a curadora Consuelo Cornelsen.

Campana 3

Irmãos Campana

 

Onde: Museu Oscar Niemeyer (MON), Curitiba (PR)

 

Quando: de 27 de abril a 20 de agosto, de terça a domingo

 

Quanto: R$ 16 e R$ 8 (meia-entrada). Nas quartas a entrada é franca. Maiores de 60 e menores de 12 anos têm entrada gratuita todos os dias.

Matéria publicada por Casa Claudia em 27 de abril de 2017

 

Publicado em Design, Design de Interiores | Deixar um comentário

DISPLAY PARA O VINHO QUE PODE TE INSPIRAR

Vinho 1

Essa maneira de guardar as garrafas de vinhos utilizado em um restaurante em Toronto, é muito interessante. A ideia aqui é achar novas possibilidades para dar evidência ao vinho, com isso a saída foi utilizar um novo display.

Vinho 2

O display utilizado pelos arquitetos do restaurante é toda feito de couro. Com isso, a sua adega pode ficar muito mais interessante. Os vinhos de uma adega sempre precisam estar evidenciados, e você pode se inspirar, não acha?

Matéria publicada por Eye4Design em 26 de abril de 2017

Publicado em Inovação, Interiores | Deixar um comentário

6 TRUQUES CRIATIVOS QUE AUMENTARAM O ESPAÇO DESTE APÊ DE 22 M²

Projeto do escritório Architect Prineas encontrou soluções incríveis para superar a falta de espaço deste apartamento em Sydney, na Austrália

Arq 1

Este apartamento pequeno em Sydney, na Austrália, ganhou soluções bastante criativas e incríveis para ganhar mais funcionalidade e espaço. O projeto do escritório australiano Architect Prineas apostou em alguns truques com espelhos e móveis planejados que ampliaram de modo visual e funcional o apê de 22 metros quadrados. Confira:

 

1. Gabinete com backsplash espelhado

Arq 2

 

Com metragem bastante limitada, a cozinha foi equipada com um pequeno gabinete planejado especificamente para o cômodo. A pia teve seu tamanho reduzido, enquanto a parede ganhou um backsplash espelhado que ajuda a fazer o espaço parecer maior.

2. Plataforma personalizada

Arq 3

A área principal do apartamento é divida entre a sala de estar e o quarto. Uma plataforma personalizada demarca os dois ambientes e oferece soluções de armazenamento para cada um deles. Na sala, ela dá origem à um pequeno rack, que serve como uma espécie de mesa de cabeceira para o dormitório.

 

3. Espelho em frente à cama

Arq 4

Um espelho grande foi estrategicamente posicionado na parede em frente à cama, que ajuda na iluminação do ambiente e provoca a sensação de aumento visual do quarto.

4. Armário multiuso

ARQ 44

Ao lado do sofá, um armário discreto oferece mais soluções de armazenamento com prateleiras. O móvel ainda abriga uma tábua de passar roupa que se apoia no próprio armário.

 

5. Gaveta embutida na cama

Arq 5

Para driblar o espaço limitado, o projeto também apostou nas gavetas embutidas na cama, uma boa opção para substituir o uso de armários e guarda-roupas.

6. Armazenamento camuflado

 

Arq 6

 

A mesma plataforma personalizada que abriga o rack da sala e serve como piso do quarto funciona também como um ótimo espaço de armazenamento extra, ideal para guardar malas de viagem. Uma tampa versátil esconde o vão e deixa o espaço camuflado e discreto quando não estiver em uso.

Matéria publicada por Casa Claudia em 26 de abril de 2017

 

 

 

Publicado em Apartamentos pequenos, Espaços Multifuncionais | Deixar um comentário

APARTAMENTO ALUGADO COM ÁREA SOCIAL COLORIDA E DÉCOR MODERNO

A arquiteta Larissa Lóh ficou encarregada de dar uma nova vida ao apê de um jovem casal recém-casado que não quis abrir mão do décor no espaço alugado

Ape 1

Um casal de jovens médicos recém-casados não quis abrir mão de uma decoração estilosa e envolvente ao se mudar para um apartamento alugado em Curitiba. Por isso, eles convidaram a arquiteta Larissa Lóh para dar nova vida ao espaço.

LEIA MAIS: Casa com volume único e contínuo com décor aconchegante em SP

A arquiteta se dedicou na reforma da área social com 24 metros quadrados e do quarto, com 12 metros quadrados. A sugestão foi aproveitar o que já tinha no imóvel, não gastar muito com o que ficaria na saída dos inquilinos e investir em móveis soltos de qualidade para a vida toda, que pudessem ser levados para futuras residências.

Ape 2Larissa optou por manter a paleta de cores principal que já guiava o projeto para atrair peças coloridas e descontrair o ambiente. O tom escolhido para destacar a sala foi o azul, cor preferida do casal. “Somente tons neutros e sóbrios não seriam a cara desse casal, que tem personalidade comunicativa e adora receber e viajar”, justifica a arquiteta.

Ape 3A cor ganhou destaque no móvel multiuso desenhado pela arquiteta e feito por marcenaria, que serve de bar, apoio para a cafeteira e cristaleira. A tela azul, da artista Ana Verona, e o tapete de estampa geométrica, completam a composição da cor na decoração. Entre os materiais, linho, madeira e vidro foram os mais utilizados, para aquecer o ambiente e compor com o que já estava no imóvel.

Ape 4

Ape 5sala de estar integrada à cozinha foi planejada para ser convidativa e versátil, um verdadeiro espaço de convivência para o casal e seus amigos. O sofá de três lugares em linho, com detalhe de maxi debrum, é retrátil e deixa o cômodo com mais espaço, sem abrir mão do conforto.

Ape 6mesa de jantar em laca e vidro branco, para oito lugares, foi um pedido deles pelo mesmo motivo: receber bem. “O ideal seria um móvel mais compacto, mas os moradores preferiram uma mesa maior, mesmo que a circulação não ficasse tão privilegiada”, afirma a arquiteta.

Ape 7O quarto foi equipado com uma cabeceira de MDF branca, já existente no imóvel, que contrasta com a parede preta pintada de tinta acrílica fosca. Este jogo de texturas valorizou ainda mais os criados-mudos de madeira de demolição, que já eram do casal. O pendente, de tipo rebatedor, confere uma iluminação aconchegante que convida ao descanso.

Ape 8

 

Publicado em Arquitetura, Comportamento, Cores | Deixar um comentário

7 MANEIRAS DE MODERNIZAR O BANHEIRO COM DIFERENTES PINTURAS

A decoração do cômodo está precisando de uma renovação? Que tal investir em tinta e muita criatividade para mudar o décor? Veja essas ideias!

Um banheiro pode ficar facilmente desatualizado já que na hora de decorar acabamos cedendo a tendências que rapidamente podem se tornar obsoletas. Uma das maneiras mais acessíveis e rápidas de atualizar o décor é tornar a pintura o centro da atenção. A seguir, confira 9 maneiras de usar a pintura para modernizar a decoração do seu banheiro:

1. Banheira

Banheira 1

Se você tem uma banheira, pintá-la pode tirar o décor da mesmice. Há também opções de banheiras coloridas, como as da Doka Bath Works.

2. Piso

Banheira 2

Cansou do piso? Que tal criar uma pintura geométrica para acabar com a monotonia do décor?

3. Armário

Banheira 3Neste banheiro, os armários e a moldura dos espelhos ganharam um tom de verde vibrante que deu ousadia à decoração.

Banheira 4

Na reforma deste banheiro, o armário ganhou um tom suave de rosa e os azulejos brancos na parede deram mais claridade ao espaço.

4. Revestimento

Banheira 5Se você está cansado dos azulejos brancos do banheiro, mas não quer mergulhar em uma reforma para mudar tudo, que tal apostar em uma pintura com stencil? Pode ser só em uma faixa de azulejos. Escolha uma cor bem vibrante!

Banheira 6

Neste banheiro, o revestimento do piso ganhou uma pintura estilo marroquina – o que sai muito mais barato do que o azulejo importado.

5. Porta

Banheira 7

Uma porta de impacto pode fazer toda a diferença no décor do cômodo. Esta foi criada com tinta preta e fita branca. Combinada com o piso hexagonal, o décor ganhou muito estilo e personalidade.

6. Teto

Banheira 8

Que tal adicionar um pouco de drama à decoração do banheiro? Este aqui ganhou contraste com o teto pintado de preto em oposição aos azulejos brancos.

7. Pia

Banheira 9Assim como a banheira pode modernizar o décor se colorida, pias e lavatórios vintage coloridos podem ser a peça que faltava para dar um up na decoração do banheiro.

Matéria publicada por Casa Claudia em 25 de abril de 2017

Publicado em Banheiros, Cores | 1 comentário

RANCHO LA STELLA – AE ARQUITECTOS

Rancho 1

Rancho 2O Rancho LS está localizado em Tapalpa, um pequeno povoado muito pitoresco no sudoeste de Guadalajara. Os clientes já tinham uma propriedade no local e nos pediram para reconstruir os estábulos com o fim de compartilhar sua paixão pelos cavalos com amigos e familiares.

Rancho 3O projeto foi desenhado pela necessidade de um espaço para criar e cruzar cavalos espanhóis, isto levou a um processo de seguir linhas e especificações muito claras.

Rancho 4

Rancho 5

Rancho 6A organização geral do projeto é estabelecida por dois edifícios em forma de ferradura, contrapostos uns aos outros que se unem por um corredor central. Cada edifício possui um pátio frontal.

Rancho 7Um terceiro edifício encontra-se ao sul dos estábulos, com vistas privilegiadas para o Nevado de Colima e Presa del Nogal. Este espaço foi concebido para reuniões sociais, nele há uma sala e um bar com mesa de bilhar. As paredes são decoradas com prêmios e memórias.

Rancho 8

Todos os materiais foram escolhidos de maneira muito específica para realçar a experiência do local. A madeira de pinus foi usada para a estrutura e marcenarias do projeto. Para os telhados, foram utilizadas telhas de barro que respondem ao clima de Tapalpa e aos materiais da região.

Matéria publicada por Arch Daily em 24 de abril de 2017

Publicado em Arquitetura | Deixar um comentário

CADEIRA POSSUI UM ESTOJO PRA GUARDAR BOLSAS

Cadeira 1Um dilema bem comum quando as pessoas vão a bares, restaurantes ou hotéis é onde guardar a bolsa. E pensando nisso a empresa de moveis Blå Station projetou uma cadeira com um espaço ideal para guardar as bolsas.

Cadeira 2As cadeiras são bem charmosas e foram destaques na ultima edição da Semana de Design de Milão que ocorreu nos últimos dias. Esse mobiliário é destinado especialmente para ambientes mais comerciais. Imagina você em um restaurante, fugindo desse dilema chato de onde colocar seu casaco ou bolsa. De fato o design está cada vez mais facilitando nossas vidas.

Matéria publicada por Eye4Design em 24 de abril de 2017

Publicado em Design, Móveis, Produtos | Deixar um comentário

NOVO ESCRITÓRIO DE JESSICA ALBA É MODERNO E TEM CARA DE CASA

Para o novo endereço, que abriga 450 funcionários e o showroom de sua marca, a The Honest Company, a atriz e empresária apostou no conforto

Escritorio 1Crescendo gradualmente, a The Honest Company, empresa fundada em 2012 pela atriz Jessica Alba, acaba de se mudar para o seu terceiro escritório.

Escritorio 2Em Playa Vista, na Califórnia, o novo espaço precisava acomodar 450 funcionários e o showroom da marca, que tem mais de 100 produtos para bebê, cuidado pessoal e limpeza no portfólio.

Escritorio 3“Não havia nada aqui, então nós tivemos que começar do zero. Eu queria uma aparência e uma atmosfera sofisticada. No outro escritório eu pessoalmente projetei muito da decoração – com martelo e pregos – e tentei deixar o espaço mais bonito. Mas desta vez tivemos um time profissional”, Jessica contou ao Architectural Digest, que publicou o projeto.

Escritorio 4Assim, a reforma ficou nas mãos de Mat Sanders e Brandon Qattrone, da Consort, que já haviam decorado a casa da atriz e tiveram o desafio de dividir o enorme espaço do escritório em ambientes aconchegantes e criativos.

Escritorio 5Para isso, uma das maiores aliadas foi a paleta de cores, neutra, com base na mistura do preto, branco e madeira.

Escritorio 6“Este escritório se parece muito com a minha casa. Eu gosto de coisas vintage e de algumas coisas novas. Eu gosto de tecidos luxuosos, mas não me importo com peças assinadas necessariamente. Eu também preciso de coisas duráveis porque eu tenho crianças e animais e eu quero que tudo seja confortável. Eu quero coisas que você pode sentar e colocar seus pés em cima. E eu queria esse mesmo estilo no escritório”, Jessica explicou.

Escritorio 7Na cozinha, móveis rústicos harmonizam com uma parede de subway tiles com prateleiras abertas. Em outro ambiente, uma parede verde serve de fundo para um cantinho com sofá e poltronas e, ao ar livre, um bar com banquetas metálicas complementa o painel de azulejos hexagonais.

Escritorio 8“Com a mudança, nós queríamos modernizar a marca. A casa da Jessica é um pouco mais tradicional, mais com o estilo espanhol e um pouco mais de Beverly Hills. Nós trouxemos um pouco mais de preto e branco para o escritório, então eu acho que esses dois combinaram”, Brandon disse.

Escritorio 9

Escritorio 10

Matéria publicada por Casa Claudia em 24 de abril de 2017

Publicado em Comportamento, Escritórios | Deixar um comentário

DETALHES DO LOFT SUSTENTÁVEL DA ARTISTA PLÁSTICA RITA RETZ

A sustentabilidade está incorporada ao dia a dia da artista plástica Rita Retz. Por isso, ela escolheu um lugar com o mesmo conceito para montar sua casa

Ape 1

Ape 2

A luz natural que invade o ambiente revela e intensifica as cores dos tecidos e os detalhes dos móveis de época no ateliê da artista plástica Rita Retz. Bem instalado no primeiro piso da casa de 300 m², projetada por ela mesma, o lugar reflete a personalidade da moradora: é luminoso, simples e delicado.

Adepta dos movimentos slow living e upcycling – o primeiro propõe uma vida mais tranquila e a conexão com as coisas que realmente importam, e o segundo, a transformação de peças descartadas em novos produtos –, ela transferiu esses princípios para o seu trabalho e a sua casa. “Produzo tecidos que reciclam outras matérias-primas e usam pigmentos naturais e biodegradáveis. Além disso, uma cisterna faz o reaproveitamento da água utilizada na lavagem das telas”, explica. “Já na construção, adotei vidros descartados e madeira vinda de demolições”, explica.

Ape 3A ideia de viver apenas com o essencial ganha força no loft, acessado por um lance de escadas. Em formato de U – proposital para abraçar o ateliê –, a área tem ambientes conectados e enxutos: cozinha, salas de jantar e estar, quarto, banheiro, área de estudos e uma pequena varanda externa.

Ape 4

Ape 5O décor mistura tons de rosa (a cor favorita de Rita) e diversos estilos de móveis e objetos de um jeito bem pessoal. “Algumas peças estão na minha família há algum tempo, como a poltrona, que pertenceu a meu avô. Outras foram garimpadas em antiquários e ainda há alguns achados contemporâneos com a mesma pegada do projeto”, conta.

Ape 6Da natureza, ela tira inspiração para as estampas de seus tecidos, encontrados com facilidade nos ambientes: almofadas, cortinas e colchas costuradas por ela mesma colorem o lugar. “Minha casa é meu laboratório. Adoro testar meus produtos aqui.”

Ape 7

Ape 8

Matéria publicada por Casa Claudia em 22 de abril de 2017

Publicado em Sustentabilidade | Deixar um comentário

MILÃO SERÁ A ‘CAPITAL DA ARQUITETURA’ POR 1 SEMANA EM JUNHO

Milano Arch Week reunirá grandes nomes da área de todo mundo

Milao

Por uma semana, Milão será a capital mundial da arquitetura. Do dia 12 ao 18 de junho deste ano, o município sediará a primeira edição da Milano Arch Week, uma semana de eventos debates, workshops e apresentações de projetos destinados principalmente a descobrir como será  a cidade do futuro.

O evento, que acontecerá em vários espaços da capital lombarda, será realizado pela prefeitura do município em colaboração com as universidades Politécnico e Triennale. Já a direção artística ficará por conta do italiano Stefano Boeri.

Entre os grandes nomes do ramo que já confirmaram a sua presença estão Elisabeth Diller, uma das arquitetas que redefiniu a cara de Nova York contemporânea “assinado” a famosa High Line, o parque linear construído em uma linha férrea elevada de 2,5 quilômetros de comprimento no coração da “grande maça”.

E é nesse projeto norte-americano que Milão se inspira para se repensar concretizando, no futuro, iniciativas de requalificação de espaços atualmente desperdiçados. Além disso, a semana de arquitetura tratará de dois grandes temas: sustentabilidade e criação de melhores condições de vida em um grande município.

“A cidade tem na sua frente uma ocasião única, espaços enormes para requalificar como as antigas linhas de trem, as áreas [daa companhia italiana] Falck em Sesto Giovanni e área da Expo.

Estamos falando de milhões de metros quadrados que mudarão a cidade. Enfatizamos uma regeneração urbana que não é apenas para os arranha-céus, mas também para a requalificação da periferia”, disse o prefeito de Milão, Giuseppe Sala.

Segundo o reitor do Politécnico de Milão, Ferrucio Resta, a cidade “que ter um papel de protagonista na arquitetura mundial” não só porque nos últimos anos ela foi em parte “redesenhada” por grandes arquitetos, “mas pelo seu papel de estilista”, de descobridora de novas tendências.

“Milão quer ter mais uma vez o papel que tinha entre os anos 1930 e 1970, com Gio Ponti, Emilio Lancia, Giovanni Muzio, Vico Magistretti e Aldo Rossi, quando era uma museu a céu aberto da melhor arquitetura urbana de 1900″, disse Resta.

Matéria publicada por ANSA Brasil em 19 de abril de 2017

Publicado em Arquitetura | Deixar um comentário